GEXPO conquista certificação GMP+ para operação com farelo de soja

Após auditoria de supervisão, o GEXPO (Terminal de Granel de Exportação da Rocha) recebeu a certificação como GMP+B3 (Good Manufacturing Practices). Com esse certificado, o terminal agora fica autorizado a operar com o armazenamento de farelo de soja.

A auditoria, que aconteceu no dia 10 de setembro, comprovou os requisitos solicitados pela Política do GMP.

GEXPO

BOAS PRÁTICAS NO GEXPO

Para atender às exigências do GMP, a ROCHA assume o compromisso com o Sistema de Gestão de Boas Práticas, garantindo os seguintes resultados:

  • Proporciona um ambiente salubre e preventivo quanto a segurança na cadeia alimentar;
  • Fomenta a melhoria contínua do Sistema de Gestão;
  • Controla todos os pontos passíveis de risco de contaminação;
  • Treina e conscientiza todos os colaboradores.

Tudo isso é feito através do Programa 5S (Senso de Utilização, Senso de Organização, Senso de Limpeza, Senso de Padronização e Senso de Autodisciplina). Essa metodologia busca planejar e manter o ambiente de trabalho organizado, limpo e com alto rendimento.

No GEXPO, o programa é implementado visando sustentar três pilares principais: Segurança, Qualidade e Produtividade.

Com um Sistema de Gestão de Boas Práticas e a implementação do programa 5S, o alto nível de exigência da auditoria foi plenamente atendido. Isso foi possível graças à nossa equipe extremamente engajada com a cultura de segurança da ROCHA.

O QUE É O GMP+B3?

GMP+ (Good Manufacturing Practices) trata-se de uma certificação relacionada às boas práticas em segurança alimentar. O sinal (+) se refere à Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (HACCP).

O HACCP, por sua vez, é a ferramenta utilizada para garantir a segurança do produto alimentar. Através dela, uma equipe multidisciplinar composta por colaboradores devidamente qualificados fica responsável por identificar, analisar e controlar os potenciais perigos químicos, biológicos e físicos relacionados ao processo.

Em suma, essa certificação busca a garantia de produtos produzidos e entregues com controle de processos, higiene e contaminações. Na ROCHA a certificação aplicada é o GMP+B3, a qual visa a comercialização e armazenamento de farelo de soja.

O farelo de soja é um produto que possui share médio de 22% na movimentação total do Corex (Corredor de Exportação Leste) do Porto de Paranaguá nos últimos 3 anos.

Para a ROCHA, obter a certificação GMP+B3 significa ir além e operar cada vez mais com produtos que contribuem para o desenvolvimento local e nacional. Essa é uma conquista não apenas nossa, mas também dos nossos clientes, parceiros e colaboradores.

Agradecemos ao time qualificado de profissionais da ROCHA por tornar isso uma realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.