Como evitar acidentes de trabalho com o Cuidado Ativo Genuíno

Um dos principais objetivos de toda empresa que preza pela segurança no trabalho dos seus colaboradores é reduzir riscos ocupacionais e evitar os acidentes.

Para isso, diversos recursos, posturas e comportamentos são adotados, fortalecendo assim a cultura de segurança do negócio.

Uma dessas formas de fortalecer a cultura de segurança é com o Cuidado Ativo Genuíno. Essa expressão diz respeito a um conjunto de ações e ferramentas que visam proteger a saúde e segurança de si mesmo e do próximo, preservando a vida de todos na empresa.

Siga a leitura e entenda como praticar o Cuidado Ativo Genuíno para evitar acidentes e otimizar a segurança do trabalho. 

O que é Cuidado Ativo Genuíno?

O cuidado ativo é uma prática inovadora muito importante para mudar a forma de ver a segurança do trabalho. Cuidar apenas de si durante a execução das tarefas já não é mais aceitável. Ao mudar essa dinâmica e contemplar também o cuidado do outro as chances de evitar acidentes se tornam ainda maiores.

Através dessa ferramenta, o colaborador age com proatividade, compreendendo a si mesmo como um protagonista da segurança do trabalho. Mas isso não significa que o profissional deve olhar apenas para a própria segurança, e sim que, ao cuidar de si, ele está mais apto a prezar pela vida do colega. 

Para a cultura de segurança da empresa, o cuidado ativo é indispensável. Afinal, a cultura de segurança se refere às atitudes, mentalidades e ferramentas que gestores e funcionários adotam em relação à segurança no local de trabalho. 

Quanto mais ativos e engajados os profissionais estiverem com a cultura, menores os riscos de acidentes de trabalho. 

Mas então, como alcançar essa interdependência proposta pelo Cuidado Ativo Genuíno? É isso que te explicamos agora. 

Como eliminar acidentes através do Cuidado Ativo Genuíno?

1. Cuide de si mesmo

Existem pequenas atitudes diárias que fazem toda a diferença no cuidado no trabalho. Para cuidar de si mesmo, realize apenas as tarefas para as quais você foi treinado, seguindo os procedimentos padrões indicados pelos supervisores. 

Além disso, utilize equipamentos e ferramentas adequados, evitando gambiarras e improvisos. Caso não se sinta seguro ou tenha dúvidas, recorra ao seu líder.

2. Preze pela segurança do próximo

Trabalhamos melhor quando estamos em equipe. Assim como a produtividade depende dos esforços coletivos, a segurança funciona da mesma forma.

Portanto, esteja sempre atento a cuidar do colega. Caso perceba que algum colaborador está em uma situação insegura, oriente com consciência e registre os riscos. 

3. Aceite a ajuda dos colegas

Assim como a sua colaboração é importante, você também precisa saber receber ajuda. No lugar de receber comentários como críticas, entenda-os como recomendações pelo seu bem-estar.

Toda ajuda e orientação é bem-vinda, principalmente quando estamos falando de cuidar uns dos outros.

4. Invista no diálogo

Toda conversa precisa ser feita abertamente, envolvendo tanto os colegas de trabalho quanto a liderança. Essa é a melhor maneira de engajar a todos, praticando um diálogo de maneira respeitosa e assertiva, de modo que todos entendam que aquela tem o objetivo de preservar a saúde e a vida.

Se houver detalhes que passaram despercebidos ou sugestões de melhorias, aposte nas reuniões e nos Diálogos Diários de Segurança.

5. Pense de forma segura

Que tal pensar em estratégias que você pode adotar para fortalecer a segurança no local em que trabalha? Além de sempre estar atento aos riscos e às exigências de segurança, você pode ir além.

Os treinamentos e especializações são opções muito valiosas, pois você estará aprofundando cada vez mais os seus conhecimentos sobre prevenção de acidentes. 

6. Aprenda com os incidentes passados

Olhar para os acontecimentos anteriores, como acidentes, é uma oportunidade de aprender e não cometer os mesmos erros. 

Pense nos incidentes que aconteceram no passado e analise o que poderia ter sido feito para evitá-los. Com isso, você estará consciente e preparado para que o mesmo não ocorra novamente.

Resumindo: seja um protagonista em sua área e faça a diferença praticando o cuidado genuíno!

A colaboração, a empatia e a sinergia são fundamentais para evitar acidentes e alcançar a excelência na gestão de riscos. 

 

Gostou dessas dicas de segurança no trabalho? Então acompanhe o nosso blog para mais conteúdos como este.

 

Para mais conteúdos como esse, acompanhe a ROCHA nas redes sociais: Facebook | Instagram | LinkedIn

 

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.