Armazéns Graneleiros Alfandegados

Os Armazéns Graneleiros Alfandegados da Rocha Terminais Portuários e Logística foram habilitados pela Receita Federal do Brasil sob ADE nº 44 de 25 de Novembro de 2013 e receberam sua ampliação sob o ADE nº 10 de 25 de Abril de 2014.

No total, os quatro armazéns hoje existentes e interligados por esteiras até o TEFER/APPA, contam com 253 mil m³ de capacidade de armazenagem. Três, dos quatro armazéns, possuem desvio ferroviário e podem carregar vagões disponibilizados pelos clientes, com capacidade para encoste de até 40 unidades.

Os armazéns do complexo de importação têm sua recepção realizada 100% via correia transportadora – ainda que tenham como contingência uma estrutura para recebimento de carga por caminhão – o que lhes garante produtividade diferenciada na recepção de produto.  Por serem armazéns construídos especialmente para a armazenagem de fertilizantes, viabilizam um nível de perda próximo de zero e proporcionam condições diferenciadas de manutenção da qualidade físico-química do produto. Quando se analisa a expedição de produtos, além da flexibilidade de carregamento rodo-ferro, tem-se aqui também produtividade diferenciada, propiciada por carregamento via elevadores de caneca distribuídos para duas tulhas independentes com capacidade para 80 toneladas cada. No total dos quatro armazéns do complexo, tem-se capacidade para expedição de 12.000  toneladas por dia.

A ROCHA Terminais Portuários e Logística recebeu oficialmente a certificação como OEA (Operador Econômico Autorizado) para o nosso GIMPO – Graneis de Fertilizantes (Importação) que fica em Paranaguá. Esse é o primeiro terminal depositário e recinto alfandegado de granéis sólidos de Paranaguá e do Paraná a receber essa certificação da Receita Federal do Brasil.

 

CERTIFICADO 238 - ROCHA TERMINAIS - OEA - SEGURANCA

 

Acesso ao Sistema

Portal RFB Alfandegado (GSOL)
Prugner's Digital Marketing